Vascaínas e vascaínos, o Pensar Vasco encerra, nesta data, sua atuação no sentido de estudar e apontar rumos para o Vasco. Missão cumprida, os textos, bem como os flashes da História do Vasco, se encontram no site, cujo acesso continuará disponível: www.pensarvasco.com.br

Em 02/10/2015, o Pensar Vasco iniciou estudos para identificar as causas que fizeram o Vasco ser um clube perdedor no Século XXI, tendo sido um vencedor, desde o Expresso da Vitória até o final do Século XX. A partir dos diagnósticos, as propostas, nas áreas das finanças, da gestão, da organização, tiveram como meta a recuperação da grandeza passada.

A situação piorou. Em crise financeira grave, a solução convencional não é suficiente. É preciso o não convencional: atrair capital de risco e gestão empresarial para o futebol. É preciso acolher grupos que tenham dinheiro e expertise. Para isso é preciso realizar reformas no Estatuto do Clube.

O Pensar Vasco protocolou, na Secretaria do Vasco, em 21/03/2018, o texto Propostas para a Reforma do Estatuto do CRVG, que atende a essa necessidade.
A responsabilidade de fazer reformas no Estatuto é do Conselho Deliberativo. Cabe aos conselheiros dar uma chance para o Vasco voltar a ser grande. Não fazer as reformas equivale a condenar o Vasco a ser pequeno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *